Plataforma Moodle

Plataforma Moodle: Características e Funcionalidades

Nos últimos anos tem sido patente o crescimento da formação online, tendo em conta a evolução tecnológica a nível mundial. Este crescimento da formação online traz consigo a necessidade de utilizar ferramentas adequadas que possibilitam o desenvolvimento de formações de qualidade, estruturadas e organizadas. Assim, a experiência de aprendizagem dos formandos torna-se mais eficaz. Índice de Conteúdos Learning Management Systems (LMS) Uma das tecnologias que possibilita a criação e organização das formações desenvolvidas em regime online consiste em Learning Management Systems (LMS), isto é, sistemas de gestão de aprendizagem. O objetivo destes sistemas reside na possibilidade oferecer uma solução integrada que permite, por exemplo, a criação de cursos na plataforma, a incorporação e organização dos recursos pedagógicos, a avaliação dos formandos, a interatividade entre formandos e a gamificação de forma a tornar a formação mais dinâmica. Estes sistemas permitem ainda uma maior acessibilidade e flexibilidade associada à utilização da plataforma. Moodle LMS Neste sentido, um exemplo destes Sistemas de Gestão de Aprendizagem consiste na Plataforma Moodle, a qual é reconhecida mundialmente e muito utilizada em Portugal. Algumas das características que estão associadas a esta plataforma são: Reconhecida mundialmente Fácil de usar Gratuita Atualizada Idiomas Flexibilidade, acessibilidade e personalização Robustez, segurança e privacidade Aplicação móvel A plataforma Moodle é utilizada por um elevado número de pequenas e grandes instituições e organizações por todo o mundo, incluindo a Shell, London School of Economics, State University of New York, Microsoft e a Open University.  Esta plataforma conta com mais de 213 milhões de utilizadores a nível académico e empresarial, tornando-a a plataforma e-learning mais utilizada mundialmente. Com uma interface simples baseada em ferramentas de arrastar e largar (drag and drop) torna-se uma plataforma com uma fácil usabilidade. Sendo uma plataforma baseada em software OpenSource (código aberto), qualquer pessoa pode utilizar, adaptar ou modificar o Moodle para fins comerciais e não comerciais sem a necessidade de taxas/pagamentos. A plataforma Moodle é regularmente revista, atualizada e melhorada de forma a satisfazer as necessidades de utilização dos seus utilizadores. A comunidade Moodle já traduziu a plataforma em mais de 120 idiomas, facilitando assim a disponibilização da plataforma num vasto número de países. O facto de o Moodle ser OpenSource facilita a sua personalização para corresponder a necessidades individuais. É possível a criação de plugins e integração de aplicações externas para satisfazer funcionalidades específicas. De forma a garantir a segurança de dados e privacidade dos utilizadores são realizados e atualizados, frequentemente, os controlos de segurança. São, também, implementados procedimentos que minimizam acessos não autorizados, perda de dados e má utilização. O acesso à plataforma Moodle pode ser feito através à sua aplicação móvel, facilitando assim a acessibilidade e usabilidade da mesma em dispositivos móveis. A plataforma Moodle é utilizada por um elevado número de pequenas e grandes instituições e organizações por todo o mundo, incluindo a Shell, London School of Economics, State University of New York, Microsoft e a Open University.  Esta plataforma conta com mais de 213 milhões de utilizadores a nível académico e empresarial, tornando-a a plataforma e-learning mais utilizada mundialmente. Com uma interface simples baseada em ferramentas de arrastar e largar (drag and drop) torna-se uma plataforma com uma fácil usabilidade. Sendo uma plataforma baseada em software OpenSource (código aberto), qualquer pessoa pode utilizar, adaptar ou modificar o Moodle para fins comerciais e não comerciais sem a necessidade de taxas/pagamentos. A plataforma Moodle é regularmente revista, atualizada e melhorada de forma a satisfazer as necessidades de utilização dos seus utilizadores. A comunidade Moodle já traduziu a plataforma em mais de 120 idiomas, facilitando assim a disponibilização da plataforma num vasto número de países. O facto de o Moodle ser OpenSource facilita a sua personalização para corresponder a necessidades individuais. É possível a criação de plugins e integração de aplicações externas para satisfazer funcionalidades específicas. De forma a garantir a segurança de dados e privacidade dos utilizadores são realizados e atualizados, frequentemente, os controlos de segurança. São, também, implementados procedimentos que minimizam acessos não autorizados, perda de dados e má utilização. O acesso à plataforma Moodle pode ser feito através à sua aplicação móvel, facilitando assim a acessibilidade e usabilidade da mesma em dispositivos móveis. Para que os professores e formadores possam acompanhar o ritmo de evolução tecnológica e adaptarem-se à utilização de plataformas e-learning, como é o caso da Moodle, torna-se necessário dotá-los de conhecimento e competências adequadas às funcionalidades disponíveis na plataforma Moodle. Como utilizar a plataforma Moodle? Alguns dos aspetos mais relevantes para manusear esta plataforma são: Interface É útil compreender a interface ao nível dos separadores disponíveis, início de sessão, menu e perfil do utilizador, notificações e mensagens. Configuração e gestão de disciplinas Como professor/formador torna-se necessário conhecer e definir as diferentes configurações disponíveis ao nível da disciplina (formato, critérios de conclusão, disponibilidade, …). Adicionalmente, é importante realizar uma adequada gestão da mesma, incluindo os utilizadores e a incorporação e gestão de conteúdos (recursos e atividades). Recursos É importante conhecer quais os recursos disponíveis na plataforma e compreender como podem ser inseridos na página da disciplina e quais as configurações mais específicas em cada um deles. Atividades É útil conhecer quais as atividades disponíveis na plataforma e compreender como podem ser inseridas na página da disciplina e quais as configurações mais específicas em cada uma delas. Avaliação e relatórios Como professor/formador é relevante definir a avaliação da disciplina, configurar a pauta e tomar decisões baseadas em dados, as quais podem ser feitas através da análise cuidada dos diversos relatórios disponíveis na plataforma Moodle. Esta análise vai permitir realizar ações corretivas para aumentar a qualidade do curso e, consequentemente, o nível de satisfação dos alunos/formandos. É útil compreender a interface ao nível dos separadores disponíveis, início de sessão, menu e perfil do utilizador, notificações e mensagens. Como professor/formador torna-se necessário conhecer e definir as diferentes configurações disponíveis ao nível da disciplina (formato, critérios de conclusão, disponibilidade, …). Adicionalmente, é importante realizar uma adequada gestão da mesma, incluindo os utilizadores e a incorporação e gestão de conteúdos (recursos e atividades). É importante

Plataforma Moodle: Características e Funcionalidades Read More »